Justiça


TJ-SE revoga prisão de mulher presa na Operação Citrus


Publicado 02 de março de 2020 às 11:59     Por Redação AjuNews     Foto Dircom/TJSE

Nesta segunda-feira (02), o Ministério Público de Sergipe (MP-SE) informou que o Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE) acolheu o parecer do órgão e revogou a prisão preventiva de uma funcionaria de uma empresa de medicamentos presa durante a Operação Citrus.

A funcionária era suspeita de destruir provas e atrapalhar investigações sobre irregularidades nas compras dos medicamentos. De acordo com o MP-SE, em novo depoimento, a investigada passou a colaborar com as investigações e fornecer provas sobre os fatos apurados pela 6ª Procuradoria de Justiça. Já o empresário continua preso.

Leia mais:
Operação Cítrus: Empresário e funcionária são presos por obstruir investigações



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade