Polícia


Interior de Sergipe registra redução de 57,6% de homicídios em 2021, diz SSP


Publicado 07 de abril de 2021 às 12:00     Por Larissa Barros     Foto Divulgação / Secretaria de Segurança Pública

O interior de Sergipe registrou uma redução de 57,6% na incidência de homicídios em 2021, em comparação ao primeiro trimestre de 2016, de acordo com a Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Segundo o levantamento, nos três primeiros meses de 2016 ocorreram 170 crimes no interior sergipano. Já em 2021, o número caiu para 72, representando, ao menos, 98 vidas preservadas.

Os dados apontaram que o interior sergipano, composto por 71 municípios, além da capital, as cidades de Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros, tem apresentado tendência de retração na incidência de homicídios desde o ano de 2016.

Entre 2017, com 139 casos, e 2021, com 72, a redução foi de 48,2%. Já entre 2018, com 144 ocorrências, e 2021, a queda foi de 50%. Em comparativo entre 2019, com 116 casos, e 2021, a diminuição foi de 37,9%. Já em relação a 2020, com 108 casos, e 2021, a queda foi de 33,3%.

O secretário da segurança pública, João Eloy de Menezes, afirmou que os números positivos são importantes para a população do interior sergipano.

“Nossa preocupação com a segurança pública não é apenas com a capital, mas também com o interior do nosso estado. Temos avaliado constantemente a incidência criminal em todos os nossos municípios para traçarmos ações estratégicas e conjuntas entre as forças de segurança. Estamos combatendo a criminalidade com o objetivo de garantir o direito à segurança com a preservação de vidas”, disse.

João Eloy de Menezes destacou que as ações das forças de segurança pública também podem ser norteadas por meio do registro do boletim de ocorrência e também da comunicação de fatos criminosos ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp – 190) e ao Disque Denúncia (181).

“A população é nossa aliada no enfrentamento à violência. As denúncias de ações criminosas que estejam ocorrendo naquele momento podem ser repassadas à Polícia Militar, pelo 190. As denúncias de crimes recorrentes podem ser direcionadas à Polícia Civil, pelo 181”, pontuou.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade