Política


Barroso diz que Forças Armadas são orientadas a “atacar” e “desacreditar” processo eleitoral


Publicado 24 de abril de 2022 às 14:04     Por Redação AjuNews     Foto Roberto Jayme / Ascom / TSE

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, afirmou que as Forças Armadas “estão sendo orientadas para atacar o processo” eleitoral brasileiro e “tentar desacreditá-lo”. Porém, ele ainda ressaltou que, desde a redemocratização do país, “se teve uma instituição de onde não veio notícia ruim e que teve um comportamento exemplar, foram as Forças Armadas”. A declaração foi dada em um seminário promovido pela universidade Hertie School, de Berlim, na Alemanha. As informações foram publicadas pelo G1, neste domingo (24).

De acordo com a publicação, o ministro não chegou a citar quem estaria orientando as Forças Armadas contra o processo eleitoral. Segundo Barroso, os “ataques” são “totalmente infundados e fraudulentos”.

“Desde 1996 não tem um episódio de fraude no Brasil. Eleições totalmente limpas, seguras e auditáveis. E agora se vai pretender usar as Forças Armadas para atacar? Gentilmente convidadas a participar do processo, estão sendo orientadas para atacar o processo e tentar desacreditá-lo?”, questionou Barroso.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

STJ confirma exigência de exame toxicológico para renovação de CNH

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.