Política


‘Centrão deve manter eleições para outubro’, afirma André Moura


Publicado 25 de junho de 2020 às 08:32     Por Peu Moraes     Foto Wilson Dias / Agência Brasil

O presidente do PSC em Sergipe, André Moura, afirmou que o bloco de deputados federais conhecido como centrão fez questão para derrubar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de adiamento das eleições aprovada pelo Senado, nesta terça-feira (24). Conforme o texto aprovado, o primeiro turno seria adiado de 4 de outubro para 15 de novembro. O segundo passaria de 25 de outubro para 29 de novembro.

“Estive conversando com parlamentares em Brasília na semana passada e o centão deve fechar questão para manter a data inicial das eleições para o primeiro turno ser no começo de outubro. Dos 513 deputados, o bloco tem 207 deputados e para aprovação a proposta precisa ser aprovada pelo plenário em dois turnos e obter o apoio de pelo menos três quintos dos deputados, ou seja, 308 votos, em cada votação”, disse na rádio Nova Brasil FM Sergipe, nesta quinta-feira (25).

Leia mais
Após passar no Senado, PEC para adiar eleições esbarra em resistência da Câmara



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.