Política


PSOL deve anunciar nome para governo de Sergipe e descarta aliança com PT de Rogério Carvalho


Publicado 14 de maio de 2022 às 09:02     Por Dhenef Andrade     Foto Reprodução / Instagram

Os caminhos do PSOL e PT em Sergipe, antes próximos, não convergem para a aliança feita a nível nacional com Guilherme Boulos e Lula. A direção estadual do partido socialista divulgou nota, nesta sexta-feira (13), em que comunica que lançará seu pré-candidato ao governo ainda este mês.

Com as especulações crescentes de que Valadares Filho (PSB) será o nome para o Senado do pré-candidato à sucessão de Belivaldo Chagas (PSD) e do empresário Marcos Franco (MDB) como pré-candidato a vice, a permanência do PSOL na aliança é insustentável.

O partido tem como pré-candidato ao Senado o ex-presidente da OAB-SE, Henri Clay, que é tratado como a prioridade nacional do partido. Já para a pré-candidatura ao Governo, são cotados nomes como Mário Leony, delegado de Polícia Civil; José Alvino, professor e advogado; Izadora Brito, advogada e integrante do MTST; Sérgio Barreto, defensor público e presidente do Psol Sergipe; Igor Baima, sindicalista; Marcos Póvoas, professor e procurador do Estado; e Jossimário Mick, servidor público.

A aproximação PT e PSOL em prol de um frente de esquerda não era consolidada e uma candidatura própria do partido de Linda Brasil nunca foi descartada.

Leia mais
PSOL define frente de esquerda com PT e Henri Clay para Senado



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça nega recurso de Danielle em ação por danos morais de Edvaldo

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.