Política


Valdevan Noventa ainda vai definir medidas jurídicas após ter diploma cassado pelo TRE


Publicado 02 de dezembro de 2021 às 20:03     Por Peu Moraes     Foto Divulgação / SindMotoristas

O deputado federal Valdevan Noventa (PL) está reunido com sua assessoria jurídica para definir quais medidas jurídicas vai adotar após ter o diploma cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE), nesta quinta-feira (2). “O parlamentar no uso de suas atribuições afirma que respeita todas as decisões da justiça com serenidade e que está reunido com sua assessoria jurídica para depois se manifestar”, disse ao AjuNews.

A Corte analisou representação ajuizada pela Procuradoria Regional Eleitoral em face do parlamentar, eleito para o cargo de deputado federal nas eleições de 2018.

A relatora do caso, Desa. Iolanda Santos Guimarães, acatou o pedido formulado pelo Ministério Público e, nos termos do artigo 30-A, § 2º, da Lei nº 9.504/97, votou pela cassação do diploma do parlamentar.

A condenação teve por alicerce a captação e o gasto ilícito de recursos para a campanha eleitoral de 2018, mediante depósitos de valores de origem não identificada, feitos por agentes “laranjas”, comprometendo a igualdade entre os candidatos.

A desembargadora citou decisão do Tribunal Superior Eleitoral no sentido de que “o bem jurídico protegido pela Lei é a lisura da campanha e a igualdade entre os candidatos, não sendo possível nascer mandato legítimo de campanha ilícita”.

Leia mais:
Por unanimidade, TRE cassa diploma de Valdevan Noventa



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.