Política


“O presidente agora elegeu seu novo adversário: a máscara”, critica Fábio Henrique sobre fala de Bolsonaro


Publicado 11 de junho de 2021 às 13:34     Por Dhenef Andrade     Foto Reprodução / Redes Sociais

O deputado federal Fábio Henrique (PDT-SE) criticou a recente declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre estar negociando com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, uma flexibilização do uso de máscaras faciais para quem estiver vacinado. Pelas redes sociais, nesta sexta-feira (11), o deputado repudiou a intenção do chefe do Executivo federal.

“O presidente agora elegeu seu novo adversário: A MÁSCARA, o instrumento mais barato o indispensável para conter o vírus. O SUS deve doar máscara para o povo mais pobre, assim diz o projeto 2130 que apresentei aqui na Câmara. Não ouça o “conselho” use máscara. Salve sua vida”, escreveu Henrique.

A ideia foi prontamente rebatida por especialistas, que alertam que mesmo quem foi vacinado ou teve a doença pode transmitir o vírus para outras pessoas. Além disso, quem já teve covid pode ter de novo, e quem foi vacinado pode ter a doença de forma mais leve. Queiroga confirmou pedido feito por Bolsonaro, mas que a adoção da medida não seria para agora.

Após a repercussão negativa, nesta sexta-feira (11), o presidente voltou a afirmar que defende a desobrigação do uso do equipamento, mas que a decisão final será de governadores e prefeitos. “Eu não apito nada”, ironizou.

Leia mais
Fábio Henrique é indicado para integrar comissão que analisa PEC da Reforma Administrativa: “Trincheira de luta”



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.