Política


Após indulto a deputado condenado, Bolsonaro quer anistiar mais três aliados, diz colunista


Publicado 23 de abril de 2022 às 11:45     Por Redação AjuNews     Foto Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Após o presidente Jair Bolsonaro (PL) conceder graça constitucional ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o chefe do Executivo Federal estaria querendo ainda enviar um projeto para anistiar políticos aliados que considera “perseguidos políticos” pelo STF. O projeto deve beneficiar o ex-deputado Roberto Jefferson e os ativistas Oswaldo Eustáquio e Allan dos Santos. As informações foram publicadas pelo colunista Guilherme Amado, do Metrópoles, nesta sexta-feira (22).

De acordo com a publicação, a justificativa do projeto seria para anistiar os supostos perseguidos políticos, que “tiveram sua liberdade de expressão criminalizada pelo autoritarismo do STF”.

Desde janeiro, Roberto Jefferson está em prisão domiciliar utilizando tornozeleira eletrônica. Oswaldo Eustáquio foi preso em dezembro de 2020 e foi para o regime domiciliar com tornozeleira eletrônica em janeiro do ano passado. Allan dos Santos é considerado foragido por causa de uma ordem de prisão emitida pelo STF. Ele está nos Estados Unidos (EUA).

Leia mais:
Rogério Carvalho sobre ‘perdão’ de Bolsonaro a deputado condenado: “Joga para agradar seus fanáticos seguidores”
Bolsonaro concede indulto ao deputado Daniel Silveira condenado por atos antidemocráticos



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Presos são premiados no 6° Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU)

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.