Política


Deputados federais sergipanos se posicionam sobre voto impresso


Publicado 10 de agosto de 2021 às 11:41     Por Fernanda Sales e Peu Moraes     Foto Divulgação / Câmara dos Deputados

Está prevista para ser votada nesta terça-feira (10), na Câmara dos Deputados, em Brasília, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso. Os oito deputados federais por Sergipe foram questionados pelo AjuNews, nesta terça (10), com relação aos seus posicionamentos para esta proposta.

Quatro deputados comentaram sobre seus posicionamentos, mas apenas dois se posicionaram favorável ao voto impresso, que foram os deputados federais Fábio Mitidieri (PSD) e Fábio Reis (MDB).

Ao AjuNews, o deputado Fábio Mitidieri respondeu o motivo de ser favorável ao voto impresso, mesmo não sendo a favor do presidente Bolsonaro. “Sou favorável. Inclusive votei a favor em 2015. Muitos brasileiros têm dúvidas sobre as urnas eletrônicas, que não são adotadas em muitos países. Acho legítimo que possamos ter a tranquilidade que o nosso voto foi computado de maneira correta. O voto auditável é apenas mais um mecanismo de garantia da democracia. Digo isso de forma consciente, já que nem sou a favor de Bolsonaro”, informou.

Já a assessoria do deputado Valdevan Noventa (PL) afirmou ao AjuNews que o parlamentar “está aguardando a definição do partido”.

O deputado Fábio Reis anunciou, em áudio divulgado na Fan FM, que a sua posição é favorável ao voto auditável. “O voto auditável tem mais segurança, não que não esteja seguro, mas é mais um dispositivo de segurança, vem para agregar. Sou a favor”.

Até o momento, apenas o deputado Fábio Henrique divulgou que é contrário ao voto impresso. Segundo o parlamentar, essa questão virou uma narrativa do presidente Bolsonaro “para colocar em dúvida o processo eleitoral brasileiro”. “O presidente disse que ia provar que tinha falhas no sistema. Não há um único caso de provas concretas de que o sistema das urnas houvesse falhas. Portanto, entendo que esse é um debate que não contribui. É apenas uma forma de tumultar o processo eleitoral”, disse o parlamentar em áudio divulgado na Fan FM.

A reportagem buscou o posicionamento dos deputados federais Bosco Costa (PL), Gustinho Ribeiro (Solidariedade), Laércio Oliveira (PP) e João Daniel (PT), mas não obteve resposta até o final da matéria.

Leia mais:
Câmara dos Deputados deve votar PEC do Voto Impresso nesta terça-feira (10)



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça nega recurso de Danielle em ação por danos morais de Edvaldo

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.