Política


Ex-governador João Alves Filho não responde à medicação e segue na UTI do Sírio Libanês


Publicado 21 de novembro de 2020 às 08:08     Por Larissa Barros     Foto Arquivo / Prefeitura de Aracaju

O ex-governador de Sergipe, João Alves Filho (DEM), permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Sírio Libanês, em Brasília, e não está respondendo bem à medicação dada para controle de uma infecção pulmonar. Ele sofreu uma parada cardíaca, na última quarta-feira (18).

De acordo com a assessoria, João Alves também apresentou outros sinais de degradação do seu estado geral de saúde, como instabilidade da pressão arterial e complicações renais, nesta sexta-feira (20).

Segundo a nota, o ex-gestor se emocionou com a visita da sua esposa, a senadora Maria do Carmo e dos filhos, Cristina, Ana Maria e João Neto, e pareceu reconhecê-los, expressando-se com lágrimas nos olhos. Durante a visita à UTI, a família de formação católica rezou o terço, e agradeceu as homenagens recebidas por meio das redes sociais.

Atualmente, João tem tratamento home care no apartamento onde mora com a esposa, a senadora Maria do Carmo (DEM), na capital federal. O ex-governador, que tem Alzheimer, já foi internado na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) em 2019.

João Alves Filho governou Sergipe por três mandatos, e foi prefeito da capital por duas vezes. O primeiro ano na gestão estadual foi de 1983 a 1987, o segundo de 1991 a 1994 e o último de 2003 a 2006. Em 2012, foi eleito prefeito de Aracaju, mas apenas exerceu a função até 2013.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça condena TV Globo a pagar R$ 65,4 mil a primeira vencedora do “Caminhão do Faustão”

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.