Cidades


Remissão do IPTU: contribuintes enquadrados na nova lei já podem solicitar benefício


Publicado 04 de maio de 2021 às 08:21     Por Fernanda Sales     Foto Marcelle Cristinne / Prefeitura de Aracaju

Os contribuintes aracajuanos enquadrados na Lei Nº 5.382, sancionada pelo prefeito Edvaldo Nogueira no último dia 22 de abril, já podem solicitar a remissão de débitos referentes aos valores do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) de 2021 e ano anteriores, ajuizados ou não.

Os pedidos de remissão foram iniciados nesta segunda-feira (3), e para ter acesso ao benefício, o contribuinte precisa se enquadrar nos critérios definidos pela legislação e apresentar toda a documentação necessária para comprovação das condições exigidas; do contrário, o processo não poderá ser analisado.

De acordo com a nova lei, o perdão das dívidas se aplica em três situações. Na primeira delas, o requerente precisa ter renda familiar mensal de até dois salários mínimos e apenas um imóvel em todo o território nacional, utilizado como residência e com valor de avaliação de até R$160 mil.

“Neste caso, é necessário apresentar a documentação pessoal e do cônjuge (CPF e RG), os documentos referentes ao imóvel, a Declaração do Imposto de Renda e a comprovação de rendimentos ou Caged”, afirmou o secretário em exercício da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), Márcio Porto.

Outro critério diz respeito aos imóveis que tenham valor de avaliação de até R$80 mil. Para esses, não é exigido a comprovação de renda, mas é necessário que o contribuinte também faça o requerimento e apresente a documentação pessoal e do imóvel.

“A terceira condição é voltada aos servidores públicos municipais da Prefeitura de Aracaju ou da Câmara de Vereadores. A lei autoriza a remissão dos débitos de IPTU referentes ao ano de 2021, desde que o requerente possua apenas um imóvel e também apresente os documentos comprobatórios, inclusive o imposto de renda”, acrescentou o secretário.

A medida aprovada também define que o contribuinte favorecido com a isenção do IPTU em 2021 não precisará requerê-la para os exercícios de 2022 e 2023, e, para essa ampliação não haverá necessidade de nova solicitação. O cidadão que atender as exigências descritas pode requerer o direito através do Portal do Contribuinte, no endereço fazenda.aracaju.se.gov.br, em requerimento online; ou de forma presencial, na Central de Atendimento, na sede da Fazenda. Para esta segunda opção é obrigatório realizar o agendamento prévio, pelo site ou pelo telefone 3179.1100.

Leia mais:
Aracaju inicia cadastro para concessão do Auxílio Municipal Emergencial; confira cronograma



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça determina que empresas de ônibus limitem número de passageiros em Aracaju

Justiça
Mais Lidas
Publicidade