Mundo


Em discurso na Cúpula do Clima, Bolsonaro promete duplicar recursos para fiscalização ambiental


Publicado 22 de abril de 2021 às 14:21     Por Redação AjuNews     Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em discurso na Cúpula do Clima, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou ter determinado a duplicação dos recursos destinados para ações de fiscalização ambiental. “Medidas de comando e controle são parte da resposta. Apesar das limitações orçamentárias do governo, determinei o fortalecimento dos órgãos ambientais, duplicando os recursos destinados às ações de fiscalização”, informou.

De acordo com a Folha de São Paulo, Bolsonaro esperou por mais de uma hora e meia para falar na reunião internacional organizada pelo presidente dos EUA, Joe Biden. Antes dele, numa lista elaborada pelos americanos, discursaram dezenas de líderes, entre os quais os governantes de China, Índia, Rússia, França e Argentina.

Durante o pronunciamento, o presidente destacou que o Brasil “está na vanguarda do enfrentamento do aquecimento global” e ressaltou que o país participou com menos de 1% das emissões históricas de gases poluentes. “No presente, respondemos por menos de 3% das emissões globais anuais”, acrescentou.

Frustrando uma das expectativas dos americanos, Bolsonaro não anunciou novas NDCs (Contribuição Nacionalmente Determinada), meta de descarbonização assumida no âmbito do Acordo de Paris. Ele repetiu as metas já assumidas pelo país, de cortar emissões em 37% até 2025 e em 43% até 2030. E repetiu ainda o compromisso assumido em carta enviada a Biden em 14 de março, de reduzir o desmatamento ilegal no Brasil até 2030.

Segundo a publicação, o líder brasileiro fez também um apelo por contribuições internacionais, na linha do que vem defendendo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. “Diante da magnitude dos obstáculos, inclusive financeiros, é fundamental poder contar com a contribuição de países, empresas, entidades e pessoas dispostos a atuar de maneira imediata, real e construtiva na solução desses problemas”, discursou.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça determina que empresas de ônibus limitem número de passageiros em Aracaju

Justiça
Mais Lidas
Publicidade