Saúde


Mais de 3 mil pessoas ficaram feridas em acidentes de trânsito em Sergipe no ano passado


Publicado 30 de janeiro de 2020 às 11:01     Por Anna Moser     Foto Divulgação / SES

O índice de atendimentos por vítimas de acidentes no trânsito ainda é elevado e uma constante no setor de trauma da maior unidade de saúde de Sergipe. Somente no ano passado, o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), em Aracaju, 3.218 vítimas envolvidas com acidentes no trânsito deram entrada na unidade de saúde. Do total, 170 eram vítimas de atropelamento, 534 vítimas de acidente automobilístico e 2.514 vítimas de acidente motociclístico.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), a maioria dos casos registrados são vítimas da imprudência e estão ligados a fatores como excesso de velocidade, falta do uso de equipamentos de segurança como capacete e cinto de segurança, além da ingestão de álcool.

Cerca de 30% desses casos, as sequelas existem e muitas vezes são definitivas, como a paraplegias, tetraplegias, deformidades ósseas e amputações. Nos outros 70%, as vítimas sofrem sequelas parciais, como restrições de movimentos e dores.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade