Cultura


Alese aprova PL que declara Forró Siri como Patrimônio Cultural Imaterial de Sergipe


Publicado 07 de abril de 2021 às 20:01     Por Fernanda Souto     Foto Divulgação/ Governo de Sergipe

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou o Projeto de Lei (PL) que declara o Forró Siri como Patrimônio Cultural Imaterial do estado, nesta quarta-feira (7). A festa é tradicional do município de Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju.

De acordo com o autor do PL, deputado Doutor Samuel (Cidadania), o festejo se tornou uma importante fonte econômica para Sergipe. Ele acontece desde 1993 no estado e deixou de ser realizado desde 2020, devido a pandemia da covid-19.

A primeira edição do Forró Siri aconteceu no conjunto Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro. No início, as atrações eram trios pé-de-serra e bandas nacionais. Até 2016, a festa era realizada na principal avenida do conjunto João Alves, mas a partir de 2017, passou a ser realizada na Arena Siri, no conjunto Fernando Collor.

O festejo acontece no final do mês de junho, em comemoração ao São Pedro, e já faz parte do calendário dos festejos juninos de Sergipe. Ele é considerado uma das maiores festas de São Pedro do estado.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade