Economia


Incentivos da União à indústria automotiva somam R$ 69,1 bi em 11 anos, diz jornal


Publicado 13 de janeiro de 2021 às 10:21     Por Fernanda Souto     Foto Marcelo Camargo / Agência Brasil

A indústria automotiva foi beneficiada com R$ 69,1 bilhões em incentivos fiscais da União entre 2000 e 2021. Apesar do número reduzido de empresas em atuação no Brasil, o setor aparece na lista dos maiores gastos tributários do governo federal. Os dados da Receita Federal foram obtidos pelo jornal Folha de São Paulo e divulgados, nesta terça-feira (12).

As empresas do setor ganham descontos em Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto sobre Importação. As fábricas instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste contam com tratamento especial e ampliam os benefícios.

Apesar disso, a indústria automobilística vive uma crise em meio a pandemia da covid-19, que derrubou a venda de veículos no país. Os emplacamentos de veículos leves e pesados caíram 26,2% em comparação entre 2020 e 2019, segundo dados do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Porém, o resultado foi melhor do que o esperado pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

O impacto mais recente do setor sobre o mercado nacional e sobre os empregos foi anunciado pela Ford, nesta segunda-feira (11). A montadora informou que, depois de um século em atuação no país, vai encerrar todas as atividades fabris no Brasil ainda neste ano.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

TSE suspende punições para eleitor que não votou nas eleições municipais de 2020

Justiça
Mais Lidas
Publicidade


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.