Mundo


Vitória de ‘Nomadland’, Anthony Hopkins e derrota de Viola Davis; confira o que rolou na premiação do Oscar 2021


Publicado 26 de abril de 2021 às 19:30     Por Dhenef Andrade     Foto Divulgação

Entre apostas e decepções, a 93ª edição do Oscar, realizada neste domingo (25), em Los Angeles, nos Estados Unidos, consagrou ‘Nomadland’ como o grande vencedor. O drama conseguiu levar três estatuetas, das seis em que concorria, inclusive o de melhor filme. Brad Pitt, o cineasta Bong Joon-ho, Reese Witherspoon, Halle Berry e Harrison Ford revezaram a apresentação dos vencedores.

Além do principal prêmio da noite, ‘Nomadland’ ganhou nas categorias de direção, para Chloé Zhao, e de melhor atriz, para Frances McDormand. A vitória tornou Zhao a segunda mulher a vencer na história da categoria. Antes dela, apenas Kathryn Bigelow havia ganhado, em 2010, com ‘Guerra ao terror’.

Outro aposta da noite, ‘Mank’ conquistou apenas dois prêmios, dos dez em que concorria. A produção da Netflix levou em melhor fotografia e design de produção. Anthony Hopkins, que estava dormindo durante a cerimônia, ganhou como melhor ator por seu papel em ‘Meu Pai’, superando o favorito, Chadwick Boseman.

Uma das curiosidades da premiação deste ano é que esta edição foi a que mais premiou mulheres, com 17 vitórias. Poderia ter sido 18, caso Viola Davis, aposta para levar na categoria melhor atriz, por ‘A voz suprema do Blues’, vencesse.

Confira a lista completa dos vencedores:
Melhor filme
“Meu pai”
‘”Judas e o messias negro”
“Mank”
“Minari”
“Nomadland” (vencedor)
“Bela vingança”
“O som do silêncio”
“Os 7 de Chicago”
Melhor atriz
Viola Davis – “A voz suprema do blues”
Andra Day – “Estados Unidos Vs Billie Holiday”
Vanessa Kirby – “Pieces of a woman”
Frances McDormand – “Nomadland” (vencedora)
Carey Mulligan – “Bela vingança”
Melhor ator
Riz Ahmed – “O som do silêncio”
Chadwick Boseman – “A voz suprema do blues”
Anthony Hopkins – “Meu pai” (vencedor)
Gary Oldman – “Mank”
Steve Yeun – “Minari”
Melhor direção
Thomas Vinterberg – “Druk – Mais uma rodada”
David Fincher – “Mank”
Lee Isaac Chung – “Minari”
Chloé Zhao – “Nomadland” (vencedora)
Emerald Fennell – “Bela vingança”
Melhor atriz coadjuvante
Maria Bakalova – “Borat: fita de cinema seguinte”
Glenn Close – “Era uma vez um sonho”
Olivia Colman – “Meu pai”
Amanda Seyfried – “Mank”
Youn Yuh-jung – “Minari” (vencedora)
Melhor ator coadjuvante
Sacha Baron Cohen – “Os 7 de Chicago”
Daniel Kaluuya – “Judas e o messias negro” (vencedor)
Leslie Odom Jr. – “Uma noite em Miami”
Paul Raci – “O som do silêncio”
Lakeith Stanfield – “Judas e o messias negro”
Melhor filme internacional
“Druk – Mais uma rodada” (Dinamarca) (vencedor)
“Shaonian de ni” (Hong Kong)
“Collective” (Romênia)
“O homem que vendeu sua pele” (Tunísia)
“Quo vadis, Aida?” (Bósnia e Herzegovina)
Melhor roteiro adaptado
“Borat: fita de cinema seguinte”
“Meu pai” (vencedor)
“Nomadland”
“Uma noite em Miami”
“O tigre branco”
Melhor roteiro original
“Judas e o Messias negro”
“Minari”
“Bela vingança” (vencedor)
“O som do silêncio”
“Os 7 de Chicago”
Melhor figurino
“Emma”
“A voz suprema do blues” (vencedor)
“Mank”
“Mulan”
“Pinóquio”
Melhor trilha sonora
“Destacamento blood”
“Mank”
“Minari”
“Relatos do mundo”
“Soul” (vencedor)
Melhor animação
“Dois irmãos: Uma jornada fantástica”
“A caminho da lua”
“Shaun, o Carneiro: O Filme – A fazenda contra-ataca”
“Soul” (vencedor)
“Wolfwalkers”
Melhor curta de animação
“Burrow”
“Genius Loci”
“If anything happens I love you” (vencedor)
“Opera”
“Yes people”
Melhor curta-metragem em live action
“Feeling through”
“The letter room'”
“The present”
‘”Two distant strangers” (vencedor)
“White Eye”
Melhor documentário
“Collective”
“Crip camp”
“The mole agent”
“My octopus teacher” (vencedor)
“Time”
Melhor documentário de curta-metragem
“Colette” (vencedor)
“A concerto is a conversation”
“Do not split”
“Hunger ward”
“A love song for Natasha”
Melhor som
“Greyhound: Na mira do inimigo”
“Mank”
“Relatos do mundo”
“Soul”
“O som do silêncio” (vencedor)
Canção original
“Fight for you” – “Judas e o messias negro” (vencedor)
“Hear my voice” – “Os 7 de Chicago”
“Husa’vik” – “Festival Eurovision da Canção: A saga de Sigrit e Lars”
“Io sì” – “Rosa e Momo”
“Speak now” – “Uma noite em Miami”
Maquiagem e cabelo
“Emma”
“Era uma vez um sonho”
“A voz suprema do blues” (vencedor)
“Mank”
“Pinóquio”
Efeitos visuais
“Problemas monstruosos”
“O céu da meia-noite”
“Mulan”
“O grande Ivan”
“Tenet” (vencedor)
Melhor fotografia
“Judas e o messias negro”
“Mank” (vencedor)
“Relatos do mundo”
“Nomadland”
“Os 7 de Chicago”
Melhor edição
“Meu pai”
“Nomadland”
“Bela vingança”
“O som do silêncio” (vencedor)
“Os 7 de Chicago”
Melhor design de produção
“Meu pai”
“A voz suprema do blues”
“Mank” (vencedor)
“Relatos do mundo”
“Tenet”

Leia mais
Oscar 2021: Confira onde assistir aos indicados da premiação
Oscar 2021 destaca Netflix como líder de indicações; Confira os indicados



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça determina que empresas de ônibus limitem número de passageiros em Aracaju

Justiça
Mais Lidas
Publicidade