Política


Homem é condenado a pagar R$ 25 mil à Dilma Rousseff por foto em voo


Publicado 11 de junho de 2022 às 15:27     Por Redação AjuNews     Foto Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Um homem foi condenado pela Justiça de Porto Alegre a pagar uma indenização no valor R$ 25 mil por danos morais à ex-presidente da República Dilma Rousseff (PT). A condenação aconteceu por causa de uma foto tirada durante um voo entre Dubai e São Paulo, em 2019. As informações foram publicadas pelo G1, neste sábado (11).

De acordo com a publicação, o homem teria publicado uma imagem em que Dilma aparece ao fundo e insinuou que a viagem estaria sendo paga com dinheiro público. Ele escreveu na legenda: “Olha a companheira Dilma, voando First Class de Dubai pra SP…eu não disse Caracas ou Havana para SP… Dubai para SP…meteu aquele Caviar, umas boas taças de Dom Perignon, e logicamente aquele vinho Francês…uma maravilha…Parabéns para você que também paga por isso!!!”

A juíza Luciana Torres Schneider alegou na sentença que Dilma “sustentou que, de forma ardilosa, o réu fotografou-a durante o voo, sem a sua permissão, utilizando a sua imagem para lhe difamar através de publicação na rede social Instagram, acompanhada de legenda caluniosa. Destacou que, conforme esclareceu à imprensa, à época do fato, a viagem realizada aos Emirados Árabes, como todas as demais em que é convidada a participar, são inteiramente custeadas pela organização dos eventos, não havendo dinheiro público envolvido”.

Ainda segundo a reportagem, o homem chegou a contestar afirmando que a foto não viralizou na internet e que “pessoas públicas devem suportar o ônus de terem suas condutas e atos submetidos a críticas e publicidade, devendo ser toleradas em razão da liberdade de expressão”.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

STJ confirma exigência de exame toxicológico para renovação de CNH

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.