Mundo


Papa nomeia primeira mulher para alto posto diplomático no Vaticano


Publicado 16 de janeiro de 2020 às 17:33     Por Redação AjuNews     Foto Vatican News / Reprodução

O papa Francisco nomeou a primeira mulher, a advogada italiana Francesca Di Giovanni, 66 anos, para ocupar um alto posto no Secretariado de Estado, órgão dominado por homens e que é o centro diplomático e administrativo do Vaticano. O comunicado do Vaticano que confirma a nomeação foi divulgado nesta quarta-feira (15). As informações são da Reuters e AFP.

Segundo as agências, Francesca assumirá um cargo criado recentemente em uma divisão conhecida como Seção de Relações com Estados onde ela será subsecretária, na prática um dos dois postos de vice-ministro. Ela ficará subordinada diretamente ao cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado, cuidando das relações multilaterais no secretariado, onde trabalha desde 1993.

Nascida em Palermo, Francesca é treinada pelo movimento católico dos Focolares e é especialista, entre outros, em migração, refugiados, direito internacional humanitário, status da mulher, propriedade intelectual e turismo.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Justiça determina que empresas de ônibus limitem número de passageiros em Aracaju

Justiça
Mais Lidas
Publicidade