Política


Conselho de Ética da Câmara instaura processos que podem cassar mandatos de Daniel Silveira e Flordelis


Publicado 23 de fevereiro de 2021 às 20:30     Por Fernanda Souto     Foto Divulgação/ Câmara dos Deputados

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados instaurou processos disciplinares contra os deputados federais Daniel Silveira (PSL-RJ) e Flordelis (PSD-RJ), na tarde desta terça-feira (23). Em ambos os casos, os parlamentares podem perder os mandatos.

Silveira foi preso em flagrante por ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Estado Democrático de Direito em vídeos nas redes sociais, segundo decisão do ministro da Corte Alexandre de Moraes. A detenção foi depois ratificada por unanimidade por outros ministros.

Após votação no plenário, a Câmara decidiu manter a prisão do deputado. O placar foi de 364 deputados a favor da manutenção da prisão e 130 contra. Outros três se abstiveram.

Já no caso de Flordelis, acusada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro de ser mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, ela pode perder o mandato. Atualmente, a deputada é monitorada por tornozeleira eletrônica.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

PGR entra com ações para barrar reeleições em assembleias legislativas

Justiça
Mais Lidas
Publicidade