Política


Saída dos Estados Unidos da OMS será em julho de 2021


Publicado 08 de julho de 2020 às 11:00     Por Roberta Cesar     Foto Divulgação

A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou, nesta terça-feira (7), que os Estados Unidos da América (EUA) vão sair da Organização Mundial da Saúde (OMS) em julho de 2021. A declaração foi confirmada após o presidente norte-americano Donald Trump enviar um comunicado formal há um mês para a ONU. As informações foram publicadas pela Reuters.

Segundo a publicação, o presidente dos EUA teve que avisar, com aproximadamente um ano de antecedência, sobre a retirada do país da agência da ONU, à qual Washington presta assistência financeira. O país deve mais de US$ 200 milhões em contribuições.

A saída acontece após Trump acusar a OMS de ter se deixado ‘controlar’ pela China em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19) no mundo. O secretário-geral da ONU, António Guterres, destacou que a OMS é “absolutamente vital para as iniciativas mundiais de vencer a guerra contra a covid-19”.

“O secretário-geral está no processo de verificar com a Organização Mundial da Saúde se todas as condições para a retirada serão cumpridas”, explicou o porta-voz da ONU, Stephane Dujarric.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Pastor Silas Malafaia é condenado a pagar R$ 15 mil ao deputado Marcelo Freixo

Justiça
Mais Lidas
Publicidade