Turismo


Ministério da Saúde reduz isolamento para sete dias em casos leves de covid-19


Publicado 11 de janeiro de 2022 às 08:38     Por Redação AjuNews     Foto Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O Ministério da Saúde reduziu o prazo da quarentena de dez para sete dias para pessoas com casos leves e moderados de infecção pelo novo coronavírus, nesta segunda-feira (10).

De acordo com a pasta, no quinto dia, se o paciente estiver sem sintomas respiratórios ou febre e não ter feito o uso de medicamentos há 24 horas, ele poderá realizar o teste para detecção do vírus. Caso o resultado seja negativo, o isolamento pode ser encerrado. No entanto, se o resultado for positivo, o isolamento deve permanecer até o décimo dia.

O secretário de vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, afirmou que a mensagem principal é que o período é de sete dias. “Se ele não quis testar no quinto e tiver sem sintomas no sétimo, ele pode sair do isolamento. Não é necessário testar. Recomendamos manter até o décimo”, explicou.

Ainda segundo as orientações do Ministério, todos que forem liberados da quarentena devem utilizar máscaras do tipo N95 ou PFF2, evitar aglomerações e não fazer nenhuma viagem até o décimo dia após a confirmação da doença.



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.