Política


Três evangélicos estão na disputa por vaga aberta no STF em julho, diz jornal


Publicado 25 de janeiro de 2021 às 10:43     Por Eduardo Costa     Foto Valter Campanato/Agência Brasil

Três evangélicos estão na disputa pela vaga aberta no Supremo Tribunal Federal (STF) em julho. Ela ficará aberta após a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello, que chegará à idade limite de 75 anos. Segundo o jornal O Globo, três nomes estão disputando o posto a ser indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Os dois primeiros são o ministro da Justiça, André Mendonça; e o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins. Já o terceiro seria William Douglas dos Santos, juiz federal do Rio de Janeiro que será promovido a desembargador no Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) em fevereiro.

Porém, segundo o jornal, tal situação pode expor mais um problema da disputa que ocorre internamente. Isso porque juízes de primeiro grau costumam ser preteridos neste tipo de situação. Os outros dois cotados já estariam se movimentando nos bastidores em favor dos seus nomes.

Jair Bolsonaro já vem se manifestando a favor de um ministro evangélico há algum tempo. Em outubro de 2020, por exemplo, ele se manifestou dizendo: “Eu assumi um compromisso com vocês, nossos irmãos, vamos ter no Supremo Tribunal Federal um ministro terrivelmente evangélico. Alguns, um pouco precipitados, achavam que devia ser a primeira vaga, que eu acabei de indicar. A segunda vaga, que será em julho do ano que vem, com toda a certeza, será mais que terrivelmente evangélico. Se Deus quiser, nós teremos lá dentro um pastor”.

Leia mais:
‘Se Deus quiser, nós teremos lá dentro um pastor’, diz Bolsonaro sobre indicação para STF



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Polícia Federal ainda conta dinheiro apreendido na operação contra Esporte Net em Sergipe; Veja vídeo

Justiça
Mais Lidas
Publicidade