Polícia


Ausência sentida, Alessandro Vieira não faz menção ao movimento Polícia Unida


Publicado 18 de janeiro de 2022 às 09:03     Por Peu Moraes     Foto Pedro França / Agência Senado

O senador e pré-candidato à presidente da República, Alessandro Vieira (Cidadania) parece ter esquecido dos colegas de profissão que o ajudaram nas eleições de 2018. Vieira que é delegado de carreira em Sergipe, não tem participado ou feito menções ao movimento em suas redes sociais. O AjuNews procurou no feed do delegado senador uma publicação referente ao movimento, porém nada foi encontrado até está terça-feira (18).

Vieira busca mais publicações voltadas as pautas nacionais, leia críticas ao presidente da República Jair Bolsonaro (PL) e informativos de quantos recursos destinou para cada município de Sergipe. Antes disso, quando ainda se ventilava a possibilidade de disputar o Palácio dos Despachos, sede do Governo de Sergipe, Alessandro cria mais rusgas por suas críticas ao comportamento do governador Belivaldo Chagas (PSD).

Na sexta-feira (14), o Polícia Unida sofreu uma revés do governador, e o juiz Gilson Felix dos Santos determinou a suspensão da greve dos policiais e delegados de forma imediata, atendendo a ação impetrada pelo Governo do Estado, com pedido de antecipação de tutela.

A decisão publicada no processo tem efeitos imediatos, com multa diária de R$ 50 mil em desfavor das classes policiais, caso eles voltem a realizar novas paralisações ou suspensões parciais de trabalho.

Nesta segunda-feira (17), o Movimento fez um “velório” da segurança pública em Sergipe em frente à Secretaria de Segurança Pública (SSP), em Aracaju. Parte da categoria decidiu, na tarde de terça-feira (11), deflagrar a “Operação Padrão”. Com isso, eles decidiram não fazer publicidade da atividade policial; conduzir viaturas apenas que atendam aos requisitos do CTB e que tenham condições ideais de tráfego; e não realizar patrulhamento, diligência ou atendimento de ocorrência com menos de três policiais na viatura.

E a pergunta é: Cadê, Alessandro?



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Candidato a vice-governador na chapa de Rogério Carvalho aponta perseguição política em pedido de prisão

Justiça
Mais Lidas


Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.