Política


Em prisão domiciliar, Eduardo Cunha pretende voltar para a política


Publicado 26 de janeiro de 2021 às 11:43     Por Fernanda Sales     Foto Wilson Dias / Agência Brasil

Em prisão domiciliar desde março por causa da pandemia de covid-19, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (MDB-RJ), tem pretensão de voltar para a política. Segundo reportagem do Valor Econômico, pessoas próximas a Cunha informaram que um de seus sonhos seria voltar a algum cargo político.

De acordo com a reportagem, sua obsessão seria mais o poder do que o dinheiro. “A loucura dele é pela política, é um cara obcecado com o poder. Fica inebriado, como se fosse uma droga. Seus acordos políticos, inclusive financeiros, são muito mais para garantir poder, para sustentar a política dele, do que para enriquecimento pessoal”, afirmou uma fonte ao jornal.

Ainda segundo a reportagem, pouco mais de cinco anos depois de aceitar o pedido de impeachment contra a então presidente da República Dilma Rousseff (PT), o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB-RJ) tem mais advogados à sua disposição do que a companhia de velhos aliados políticos.

No total, são quatro escritórios, um no Rio de Janeiro, um em Curitiba e dois em Brasília, que cuidam de dois processos em que já houve condenação e outras sete ações em andamento. Segundo o jornal, seus advogados têm tido uma postura defensiva e não comenta, por exemplo, como o cliente está se sustentando hoje financeiramente.

Preso no mesmo ano do impeachment, o ex-deputado foi para prisão domiciliar em março do ano passado, em função da covid-19. Ele escreveu um livro sobre impeachment e tenta reverter condenações judiciais. De acordo com a publicação, o julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) de possível suspeição do ex-ministro Sergio Moro é aguardado com ansiedade pela defesa do antigo parlamentar.

Leia mais:
Em trecho de livro, Cunha culpa Temer, Maia e Baleia Rossi por impeachment de Dilma
Em prisão domiciliar, Eduardo Cunha se inscreve em 4º curso on-line e tenta reduzir pena



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Polícia Federal ainda conta dinheiro apreendido na operação contra Esporte Net em Sergipe; Veja vídeo

Justiça
Mais Lidas
Publicidade