Justiça


Lagarto: Justiça de Sergipe concede prisão domiciliar a Rodrigo Rocha


Publicado 04 de abril de 2021 às 14:49     Por Dhenef Andrade     Foto Reprodução / Redes Sociais

O desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE), Alberto Romeu Gouveia Leite, concedeu prisão domiciliar ao empresário Rodrigo Dantas dos Santos, neste domingo (4). Ele é apontado pelo Ministério Público de Sergipe (MP-SE) como responsável pelo homicídio qualificado contra o funcionário Jorge Alexandre Souza Santana, gerente de uma das empresas da família, em janeiro de 2019.

Com a decisão, Rodrigo, que é filho do ex-prefeito da cidade de Lagarto, no Sul do estado, Zezé Rocha, terá que usar tornozeleira eletrônica e “só poderá se ausentar de sua residência em caso de consultas médicas ou por ordem judicial sob pena da revogação da presente medida”, escreveu o desembargador.

Além disso, Rocha também deverá comparecer mensalmente em juízo “para informar e justificar suas atividades bem como quando for chamado para comparecer a atos processuais”.

O empresário era interno do Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão, onde estava preso desde abril de 2020, após ficar três meses foragido e ser localizado em São Paulo.

Leia mais
Lagarto: Filho do ex-prefeito é apontado como suspeito de matar gerente
Suspeito de matar funcionário em Lagarto, Rodrigo Rocha é preso em São Paulo
Preso em SP, empresário Rodrigo Rocha desembarca em Aracaju



Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Leia os termos de uso


Publicidade
Justiça

Rachel Sheherazade pede R$ 19 milhões em indenização trabalhista ao SBT, diz site

Justiça
Mais Lidas
Publicidade